Resenhas30 de abril de 2018

O Conto da Aia, Margaret Atwood

Post por

Adquira o Livro: Amazon

“O conto da Aia”, de Margaret Atwood, é um livro distópico e de ficção especulativa escrito no ano de 1984 e publicado em 1985, mas que, aqui no Brasil, foi reconhecido apenas ano passado, quando a série “The Handmaid’s Tale” foi ao ar e fez um grande sucesso.

A história se passa nos Estados Unidos, que não existe mais como o país que conhecemos. O país  após um golpe, tornou-se Teocêntrico e totalitário liderado por uma república denominada Gilead (lê-se Guiliad), da qual modificou absolutamente tudo que nós conhecemos como liberdade. Esse novo regime implantado prejudicou principalmente as mulheres, que a partir disso, perderam o seu livre arbítrio. Não poderiam mais trabalhar, ter contas próprias em bancos, enfim, perderam tudo aquilo que custamos a conquistar até hoje.

O livro é narrado em primeira pessoa por uma personagem chamada Offred. A narradora é uma Aia que vivia no tempo anterior ao golpe e foi inserida nesta nova vida. As Aias são nada mais que mulheres férteis, algo raro devido a um surto de doenças que tornou a maioria das mulheres inférteis, que eram obrigadas a manter relações sexuais com seu Comandante, após uma interpretação absurda de uma passagem da Bíblia.

Além das Aias, que eram apresentadas a sociedade usando vermelho, existiam as Marthas, mulheres inférteis que serviam apenas para afazeres domésticos, que se vestiam de verde. E por último, as esposas dos Comandantes que usavam azul. Essas mulheres não podiam se comunicar abertamente, e eram ensinadas a não fazer amizade umas com as outras. As mais prejudicadas entre todas, eram as Aias, ninguém gostava de encontrar-se com elas, o que tornava tudo muito constrangedor.

O livro foi bastante difícil de entender inicialmente, mas mesmo assim é interessantíssimo acompanhar os fatos contados pela Offred. A história nos deixa intrigados e sem fôlego. Por ser uma história especulativa, nos aperta o coração saber que tudo pode ser real,que algum dia possa acontecer.

Esta foi a primeira vez que li uma distopia. Me surpreendeu bastante e me deixou com vontade de ler outros livros do gênero. A história de Margaret me fez refletir sobre muitas coisas que nunca me passaram pela cabeça.

E você, já parou para pensar como seria se a sua liberdade pudesse lhe ser tirada ?

Assista também a vídeo resenha da Ju: O Conto da Aia

Publicação: Rocco
ISBN: 8532520669
Gênero: Ficção Especulativa, Ficção Distópica, Ficção Científica
Páginas: 368
Minha avaliação: ★★★★★

já viu os relacionados?

Deixe seu comentário

Comente com o WordPress

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Adriana abril 30, 2018

    Oi Stefany,

    Depois de ler tua resenha fiquei muito intrigada com a história do livro que até então desconhecia a existência.
    Muito obrigada pela indicação!
    Achei a trama muito interessante, nunca li nada de ficção especulativa e estou buscando me aventurar por gêneros até então desconhecido, é uma ótima dica!

    Beijos
    http://espiraldelivros.blogspot.com/

    • Stefany abril 30, 2018

      Primeiramente, obrigada pelo comentário! É uma história digna, vale a pena ler, tenho certeza de que vai gostar muito, é um livro apreensivo e instigante, muito boa sorte quando for ler, e me conta como foi a experiência! Esse livro foi minha primeira experiência com este tipo de gênero e confesso que me deixou curiosa em ler outros. Espero que goste tanto quanto eu. Beijos.