Resenhas

Pequenas Grandes Mentiras, de Liane Moriarty

28 de dezembro de 2017

Pequenas Grandes Mentiras, publicado em 2015 no Brasil, foi o segundo livro da autora a ser publicado pela Editora Intrínseca e o segundo que tive a oportunidade de ler. O livro, narrado em terceira pessoa, conta a história de três mulheres: Madeleine, Celeste e Jane.

Madeleine é uma mulher forte e decidida. Sua filha mais nova Chloe, acaba de ser matriculada na mesma escola que Skye, filha de seu ex marido que agora se mudou para a mesma cidade afim de manter maior contato com sua primeira filha, Abigail, e compensar sua ausência nos primeiro anos da jovem.

Celeste é mãe dos gêmeos Max e Josh. É uma mulher invejável. Magra, rica e bonita, possui um casamento que aparenta ser perfeito demais para ser verdade. Logo no primeiro dia em que a encontram, Madeleine e Celeste acabam amigas de Jane.

Jane é uma jovem mãe solteira que acaba de se mudar para a cidade com o filho Ziggy, fruto de uma noite com um estranho.

Com muita bebida e pouca comida, o encontro de pais dos alunos da Escola Pirriwee tem tudo para dar errado. Fantasiados de Audrey Hepburn e Elvis, os adultos começam a discutir já no portão de entrada, e, da varanda onde um pequeno grupo se juntou, alguém cai e morre.

O livro narra seis meses antes até o concurso de perguntas, intercalando depoimentos dos pais para um jornalista sobre os eventos que antecederam à tragédia. E o mistério se desenrola, enquanto perguntas começam a serem formuladas: Quem morreu? Foi acidente? Se foi homicídio, quem matou?

“E se eu estivesse um pouco acima do peso e não fosse especialmente bonita? Por que é tão terrível? Tão repulsivo? Por que é o fim do mundo? (…) a gente vive em uma sociedade obcecada pela beleza, na qual a coisa mais importante que a mulher pode fazer é ser atraente para o homem.”

Depois do sucesso de O Segredo do Meu Marido, estava ansiosa para ler algo mais da autora. Quando tive contato com sua escrita, fiquei maravilhada. Foi uma trama que me manteve presa até a última página. Apesar do final do livro não ter me agradado, queria conhecê-la melhor. E comparando a experiência que tive com os dois livros, Pequenas Grandes Mentiras me agradou mais.

Durante a leitura corri tentando adivinhar o final, falhando terrivelmente. Foi uma leitura cheia de angústia e um desejo de terminar o mais rápido possível para finalmente saber o que havia acontecido.

Liane Moriarty é uma escritora cativante, que possui uma escrita leve e provocante. Embora esteja lidando com assuntos bem delicados, ela sabe bem como desenvolver a história sem que se torne maçante ou presunçosa.

A história possui uma temática bem real e profunda. Quem gostou de O segredo do meu marido pode ficar feliz em saber que Pequenas Grandes Mentiras é tão bom quanto.

 

Big Little Lies, a série da HBO

Na adaptação, que possui sete episódios, temos como elenco principal Reese Witherspoon (Madeleine), Nicole Kidman (Celeste) e Shailene Woodley (Jane).

É certo que uma adaptação nunca é 100% fiel ao livro. E definitivamente não é fiel à sua imaginação. Por isso acredito que assistir a série tão logo depois de ler o livro pode ter sido um pequeno erro. Precisei de um tempo para pensar nas mudanças feitas e seus efeitos na história.

Das mudanças que aconteceram, posso citar duas que mais me marcaram. A primeira mudança, que achei muito positiva para o enredo, foi o desenvolvimento dos personagens secundários. Como o livro é mais focado nas três protagonistas, não vemos tanto os outros personagens como na série. Foi interessante e completou alguns pontos da série.

A segunda foi a mudança na trama de uma das protagonistas. Porém, essa mudança em questão achei completamente desnecessária. Existe um ponto onde muito drama pode atrapalhar o foco da história. Esse foi o caso. Apesar de todas as três mulheres terem muita importância para o desenrolar da história, uma delas não possui a mesma presença que as outras. Mas mesmo que o intuito tenha sido englobar a personagem na trama, acabou se tornando uma distração.

Senti falta do clube do livro, do foco no mistério em alguns momentos e das inúmeras entrevistas com os pais que apenas me iludiam e dificultavam adivinhar quem morria no final. Entretanto, de forma geral, a série conseguiu me agradar.

Publicação: Editora Intrínseca
ISBN: 9788580577358 | SKOOB
Gênero: Ficção, Drama
Páginas: 397

já viu os relacionados?

Deixe seu comentário

Comente com o WordPress

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Mariana Soto julho 3, 2018

    Quando descobri que a série era baseada em um livro, não pude deixar de me envolver na história por escrito. Sem dúvida, uma grande história que Liane Moriarty nos apresenta. A séries de drama são os meus preferidos, mas Big Little Lies se tornou no meu série preferido. Sua historia é muito fácil de entender e os atrices podem transmitir todas as suas emoções. Na minha opinião, Sharp Objets serái uma das mehores series que será lançado.O ritmo é bom e consegue nos prender desde o princípio. O série superou as minhas expectativas, o ritmo da historia nos captura a todo o momento. Esta série conta uma história extraordinária.

  • Gislainy janeiro 7, 2018

    Depois que li sua resenha fui atrás do livro! Devorei ele em 4 dias… e me segurei para não ir para o final!
    Ótima indicação !

    • Talita Beccalli janeiro 7, 2018

      Minha amiga que me emprestou o livro logo me disse que não me daria spoiler. Cada momento eu queria ler o final porque a curiosidade era muita. Mas me segurei! Foi muito difícil. XD

  • Sempre com livro Blog janeiro 7, 2018

    Ain esse Livro! <3
    Para mim foi uma grande surpresa a experiência que eu tive com essa obra de arte. Comprei sem muito interesse, só pelo valor que estava INCRIVELMENTE baixo. Mas quando eu comecei a ler, vi que seria minha maior paixão! <3 Também fiz como você falou, falhei terrivelmente em tentar adivinhar o desfecho. hahaha

    • Talita Beccalli janeiro 7, 2018

      Como eu já havia lido o outro livro já comecei com expectativa alta. Querendo o mais novo dela agora! Quanto ao desfecho, o problema é que eu fiquei imaginando o pior resultado possível sabe? Imaginando que seria uma das principais que acabaria morta! O que é realmente raro acontecer hahah