Vídeos

Querida eu mesma,

25 de março de 2015

IMG_528355

Olá pessoal, resolvi gravar um vídeo bem bacana que encontrei pela internet, o Querida eu mesma, vi que muitas Youtubers andam gravando esse vídeo e achei bem legal. Quase desisti de publicar por conta de algumas coisas que aconteceram no vídeo, vocês vão entender quando assistirem, mas no fim das contas e com apoio de alguns amigos resolvi publicar assim mesmo. Espero de coração que gostem! Grande beijo!

OBRIGADA POR ASSISTIR! 
INSCREVA-SE NO CANAL, CURTA E COMPARTILHE!

já viu os relacionados?

Deixe seu comentário

Comente com o WordPress

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Karina Marques abril 5, 2015

    Juuuu, adorei o vídeo! Achei algumas parte bem engraçadas e me emocionei junto com você quando falou sobre sua avó… Me fez lembrar dos meus que estão em outro estado…
    BEIJOOS! :*

  • Letícia Silva março 26, 2015

    Oi, Jú tudo bem ?
    Nossa que legal esse vídeo, saber um pouquinho a mais sobre você.
    Seria ótimo se pudéssemos voltar no tempo néh?
    Eu tenho a idade da Juliana de 15 anos, mas sou um pouco diferente. Eu amo muito ler, e quem me influenciou não foi a J.K. ROWLING mas o célebre Sidney Sheldon. Quando eu tinha 13 anos, um pouco nova para ler esse tipo de livro, mas me ajudou demais.
    Mil beijos Jú e parabéns pelo canal.

    • Juliana Cirqueira março 28, 2015

      Oi Letícia, tudo ótimo! Espero que contigo também. 🙂
      Com certeza, voltar no tempo com o conhecimento que temos hoje.
      Amo ver que hoje em dia as pessoas estão entrando nesse mundo da literatura cada vez mais cedo.

      Obrigada! <3
      Beijos pra você também.

  • Bruna Costabeber março 26, 2015

    Olá Ju, tudo bem?
    Estou muito, muito emocionada com seu vídeo e nem sei o que falar dele.
    Você deu conselhos preciosos para a Ju de 10 anos atrás e, se ela tivesse recebido isso, ela seria muito sortuda. Quando você falou de sua avó me lembrei, imediatamente, do meu avô. Mas, eu não tive a mesma ‘sorte’ que você de tê-lo ao meu lado quando eu era adolescente, ele foi para o céu muito antes disso.
    Mas, o mais importante, é que, mesmo a Ju de 15 anos não tendo recebido esses conselhos, ela lutou firme e forte para tornar a Ju que você é hoje, uma pessoa que parece ser incrível e que eu adoraria ter o prazer de conhecer e ser amiga.
    Parabéns pela sinceridade empregada em seu vídeo e espero que você seja muito, muito feliz.
    Beijos,
    Bru

    • Juliana Cirqueira março 26, 2015

      Oi Bruna,
      Eu realmente gostaria de poder ter enviado essa mensagem pra Ju de 15 anos.
      Eu posso dizer que tive muita sorte pois tive minha vózinha presente comigo até meus 18 anos.
      Que coisa linda de comentário, obrigada querida! Muito muito obrigada! <3

      Beijo grande.

  • Júlia Morani março 25, 2015

    Ju, ficou muito legal o vídeo! Alguns conselhos seriam os mesmos que eu daria a minha versão de 10 anos atrás… rs

    Sobre ter se emocionado, não tem que se preocupar com isso. Só mostra que você é uma pessoa normal! 😉

    • Juliana Cirqueira março 25, 2015

      Oi Júlia!
      Que bom que gostou, haha.
      Eu sei, é que as vezes a gente fica meio sem graça mesmo, não planejei falar da minha vovó e não consigo falar dela (com ninguém, nem pessoalmente – eu até evito) sem chorar ou me emocionar muito. Acabou escapando na hora da gravação. 😐

      Obrigada pela visita, comentário e carinho. ♥

  • Karol março 25, 2015

    Ei, Jú! Sigo vários blogs, mas é a primeira vez que comento! Vou começar (obviamente) pelo seu que amo de paixão! <3 Lindo vídeo, muito doce, espero que a Jú que você foi possa senti-lo de alguma maneira. E só uma coisa, sei que eu sou alta e grande (;___;) mas as melhores pessoas que conheci sempre foram como você (pequenas e meigas). Afinal, tamanho não é documento!
    Sentir falta de alguém é algo que nos cria, de fato, um buraco muito grande em nossa existência, mas apenas por termos tido o privilégio de tê-las em nossas vidas, faz da passagem delas, inesquecíveis… Maravilhosas… Somos o que somos por conta delas e tantas outras que nos tocam…
    Fico feliz que este tenha sido o primeiro post a comentar, foi algo muito lindo e me fez sentir feliz pelas pessoas e coisas que aconteceram à Querida eu mesma. Obrigada, Jú, por me fazer lembrar de tudo que me fez ser o que sou hoje.
    A propósito, estou curiosa pra ver fotos e vídeos com o seu óculos novo!
    Beijos!

    K.

    • Juliana Cirqueira março 25, 2015

      Oi Karol querida!
      Pois é, nunca tinha visto comentário seu aqui mesmo, não que eu me lembre hehe.
      Hahahaha muito obrigada! <3

      Você tem toda razão e eu fico feliz de pensar assim da minha vovó, ela ainda é parte de mim.
      Obrigada à você pela visitinha e por esse carinho que você tem comigo e com o Nuvem. <3

      Em breve, em breve, hihi.
      Beijão.