Pessoal Tags

Livros que mudaram a minha vida

01 de Março de 2015

postit

Olá pessoal, hoje vim trazer um post bem diferente para vocês. Eu participo de um grupo de blogueiros na internet (Sociedade dos Blogs) e nós resolvemos criar uma postagem coletiva, não lembro de quem foi a iniciativa, mas estaremos todos participando sempre que pudermos. Em fevereiro (sim, estou atrasada) o tema foi Livros que mudaram minha vida e vou mostrar pra vocês alguns dos livros que mudaram a mim e a minha vida de alguma forma.

coleção

Vou começar por um dos livros (senão o livro) que mais marcaram a minha vida: O Morro dos Ventos Uivantes, de Emily Bronte. Li esse livro na época da faculdade, uns 6 ou 7 anos atrás, e lembro que na época fiquei tão abalada com a história que mal consegui largar o livro, fiquei meio obcecada pelo clássico. Eu estava em uma fase bem confusa, tinha acabado de entrar na faculdade de Letras e acabado de sair do universo literário infanto-juvenil (ao qual eu também nem era tão ligada assim) e ler O Morro me fez começar a gostar mais de ler e me interessar por literatura clássica. Sou eternamente grata pelo que essa obra fez por mim como leitora e serei para sempre apaixonada por essa história e pelo casal Heathcliff e Cathy, que partiram meu coração infinitas vezes. 

IMG_0222

Ainda na vibe dos Clássicos, foi nessa mesma época da minha vida que conheci uma das minhas escritoras favoritas da vida, a Jane Austen. Se for para escolher entre um dos livros dela que tenha mudado a minha vida, eu escolheria Orgulho e Preconceito porque, para mim, é a obra mais completa da autora. Na minha opinião, nesta obra ela conseguiu alcançar o equilíbrio ideal entre personagens, diálogos, enredo e romantismo, para fazer dessa obra uma obra-prima da literatura clássica até hoje. Sou uma grande admiradora de clássicos e isso tudo começou nessa época. Quando conheci as obras da Jane Austen foi como se uma janela tivesse sido aberta pra mim e um novo universo estivesse diante de mim, pronto para ser descoberto. Até Jane Austen aparecer, eu nunca havia me identificado tanto com um autor.

twilight

Sim, vou falar da Saga Crepúsculo e nem vem me julgar! (risos) A época da faculdade foi mesmo uma formadora de opiniões para mim, nessa época eu lia de tudo, estava descobrindo a vida de leitora, que maravilha! Era uma paixão que crescia fortemente a cada dia, eu não sabia que gostava tanto de ler! Nunca havia sido incentivada em casa nem em nenhum outro lugar, aquilo era tudo novidade pra mim e era fascinante. A série Twilight acabou caindo no meu colo por indicação de uma colega de turma que lia e era apaixonada. Nessa época não havia Kristen Stewart nem mesmo a pretensão de uma adaptação cinematográfica, ninguém conhecia a série. Eu lembro que Crepúsculo foi o primeiro livro que me fez virar a madrugada lendo, assim como os outros da série. Nossa, eu era fascinada pela história, sempre gostei de histórias de vampiros e a romantização do casal improvável (vampiro e humana) dava um charme irresistível a série. Talvez eu não leria essa série hoje em dia (e também não pretendo reler), mas não posso negar a importância dela na minha vida de leitora e ainda guardo um grande carinho pela saga Twilight.

IMG_0224

Preparem-se porque agora vou falar de uma série muito querida e que está no meu coração FOREVAH & EVAH e eu morro de ciúmes dela! As Brumas de Avalon, de Marion Zimmer Bradly deve ter sido provavelmente a primeira série de Fantasia (e também sobre a lenda Arturiana) que eu li. Eu já tinha uma vaga ideia sobre a história pois assisti ao filme quando adolescente – não me lembrava de bulhufas – mas ainda assim ler a série foi uma experiência completamente oposta e extraordinariamente melhor do que assistir ao filme. A série é impressionante e faz a gente perder o fôlego, é uma das melhores séries (se não a melhor) que eu já li na vida. Essa série tem grande importância pra mim pois despertou o meu amor por Fantasia e, em especial, pela lenda Arturiana. Hoje em dia sou fascinada pela lenda do Rei Artur e assisto e leio tudo que posso a respeito (filmes, as séries Camelot, Merlin, entre outras). E o mais engraçado é que a minha primeira vídeo-resenha no canal foi sobre essa série. É muito amor! + Leia as resenhas individualmente | Assista o vídeo sobre a série e filme.

jojo

Como eu era antes de você foi o segundo livro que li da Jojo Moyes e ele me convenceu de uma vez por todas que a Jojo seria uma das minhas autoras favoritas. Um dos meus gêneros favoritos é o Romance, sou uma romântica incurável, sério, sou mesmo, e amo ler livros de amorzinho. As histórias da Jojo são incrivelmente emocionantes e sensíveis. Todos os três livros que li da autora trazem histórias fantásticas de amores impossíveis (ou quase) com finais surpreendentes. Virei fã de vez da autora depois desse livro que me fez chorar feito uma criancinha até às 2:00 da manhã, essa história não vai ser esquecida, vou carregar pra sempre comigo. Adoro livros que mexem com a gente e sacodem alguma coisa bem aqui dentro do peito, remexem e reviram nossos sentimentos quase como se fizéssemos parte da história. + Leia a resenha completa aqui | Assista ao vídeo sobre os livros da Jojo Moyes.

IMG_9972

E por último, escolhi mostrar Shirley, de Charlotte Brontë (sim, amo as irmãs Brontë) que recentemente também se tornou um livro muito importante pra mim como pessoa. Apesar de amar Clássicos, havia um tempinho que eu não estava lendo muitos deles, até que a Pedrazul Editora surgiu na minha vida, uma editora que trabalha somente com clássicos da literatura e é aqui do meu estado (Espírito Santo), olha que amor! E foi graças à ela e à esta obra incrível da Charlotte Brontë que eu voltei a me envolver com clássicos e conhecer mais livros das irmãs Brontë. A história desse livro é muito querida no meu coração e fala de amizade, humildade, caridade e amores correspondidos. As personagens femininas são pessoas muito fortes, determinadas e corajosas. Esse tipo de história, escrita nessa época, me deixa impressionada e muito orgulhosa de escritoras como Charlotte. + Leia a resenha completa aqui.


Eu escolhi apenas alguns dos livros que mudaram a minha vida como leitora e a minha forma de pensar, mas sei que existem muitos outros que me mudaram um pouquinho aqui e ali e moldaram quem eu sou hoje. Entre romances, clássicos e fantasias, eu descobri um mundo fictício que era como um lar pra mim, um lugar aconchegante repleto de sonhos, aventuras, amor e magia. Como leitora (e principalmente depois do Nuvem) eu me surpreendo a cada dia com novos livros e descubro outros mundos através da leitura. E vocês, quais foram os livros que mais marcaram suas vidas?

Outros blogs também fizeram este post:
Universo Dos Leitores
Baião De Letras
Linhas Soltas
Leitores Possessivos
Triplobooks
Daniela Farias
Way To Happiness
Pipoca Musical

já viu os relacionados?

Deixe seu comentário

Comente com o WordPress

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Layana junho 26, 2015

    Uma blogueira da minha cidade!! EEEee!! rsrs
    de todos os livros que você citou eu li as brumas de avalon (apenas o 1º) e Orgulho e Preconceito. Realmente o livro da Jane Austen foi muito bem escrito, mas achei a leitura um pouco pesada e acabei me desinteressando em ler os outros da autora.
    Você bem que podia marcar um encotrinho com leitoras do blog!
    beijo

    • Juliana Cirqueira junho 26, 2015

      Oi Layana!
      Hahahaha pois é, é difícil achar blogueiros(as) por aqui né?
      Eu amo a Austen e não acho a leitura pesada, mas pode ser um pouco cansativa mesmo pra quem não está habituado a ler clássicos. Ahhhh, eu fico com vergonha, haha. E não acho que tenho tantos seguidores assim, provavelmente eu iria levar o maior bolo, huehue.

      Beijos <3

  • Renata Março 10, 2015

    Fiquei feliz de ter lido As Brumas de Avalon, foi uma das melhores histórias de todos os tempos, tenho um carinho especial por ela também
    bjs

  • Carla Março 2, 2015

    Juliana, que post mais lindo!!! Adorei saber quais livros mudaram a sua vida e gostei muito de ver que As Brumas de Avalon estão aí! hehe É mesmo fascinante, né? Também foi o meu primeiro contato com a lenda do Rei Arthur e acabei ficando encantada pela história.
    E é verdade, a época da faculdade também fez toda a diferença pra mim.. E problema nenhum mesmo colocar a Saga Crepúsculo aí! Acho que tudo que nos incentiva a ler é ótimo =)

    bjs!
    Carla

    • Juliana Cirqueira Março 2, 2015

      Hahahaha obrigada! <3
      Sim, é demais! Eu quero reler assim que puder, sou apaixonada. <3
      Pra mim, a faculdade foi um divisor de águas literário, hehe.
      Sim, eu acho que preconceito literário é uma besteira, não podemos ter vergonha do que gostamos ou gostávamos de ler, tudo fez/faz parte de nós. 🙂

      Beijos!

  • Daniela Farias Março 2, 2015

    A faculdade também me ajudou muito a conhecer um pouco desse mundo dos clássicos da literatura. Eu li bem poucos, acho que o único que mesmo que eu li foi O Morro dos Ventos Uivantes. Tentei ir atrás da Jane Austen e não achei nenhum livro na biblioteca. Ah e li O Corvo do Edgar Allan Poe também, muito bom!
    Crepúsculo eu conheci quando virou filme, fiquei fissurada mas depois de um tempo quando li o começo do quarto livro joguei ele na parede por causa daquela gravidez surreal da Bela! hasuhasuas
    Adorei suas escolhas, meu irmão adora o Rei Arthur acho que acabei de descobrir o que dar de aniversário para ele agora! hahaha
    <3

    • Juliana Cirqueira Março 2, 2015

      Daninha <3
      Sim, Faculdade de Letras, coisa linda! <3
      O Corvo também é uma delícia, Poe também mora no meu coração.
      Crepúsculo teve seu momento, digamos assim, haha.
      Tinha muitas coisas bizarras, tipo essa gravidez muito louca, mas confesso que eu era apaixonadinha com a história, me ajudou muito a criar o hábito da leitura. 🙂

      Obrigada, Dani!
      Olha, super presente, viu?
      Tomara que ele goste!

      Beijos <3

  • Raquel Moritz Março 2, 2015

    Que post gracinha, Juju!!!

    As irmãs Bronte são um arraso, e eu imaginava que as veria na sua lista, hahaha. Fofinha <333 Eu lembro dos seus posts sobre As Brumas de Avalon! E como a história toda mexeu contigo. É fascinante mesmo, a Marion era uma autora de mão cheia.

    E vem cá, QUE LINDA essa pilha de livros do Morro dos Ventos Uivantes! Sou apaixonada pela história <3 Infelizmente não tenho nenhum exemplar do livro, só li alugado na biblioteca do colégio, mas a história é maravilhosa.

    BEijo, querida, ótimo post! E relaxa, era de fevereiro e não janeiro, ahahhaha <3

    • Juliana Cirqueira Março 2, 2015

      Oi Quelzinha!
      Obrigada <3

      Eu sabia que você já iria saber de cór minhas escolhas, hahaha. Tô me achando muito previsível, hein?
      As Brumas mora pra sempre no meu <3

      Simmm, meu sonho é aumentar ainda mais essa pilha! *-*
      Cathy & Heathcliff. :')

      VERDADE! Até já consertei isso no post, hehe.
      Beijão <3