Desafio Mais Filmes Filmes & Séries

Assistidos em Julho e Agosto (Desafio Mais Filmes) – Wrap Up

14 de setembro de 2014

1471147_693151294038062_1035158852_n

“Mais Filmes em 2014″ é um projeto criado pela Thaís do Pronome Interrogativo e consiste basicamente em assistir 01 filme por semana durante todo o ano de 2014, ou seja, 52 filmes em 52 semanas.

Filmes Assistidos em Julho e Agosto:

julho-agosto

Primeiramente gostaria de me desculpar pela minha ausência aqui, mas vocês sabem muito bem que foi por um excelente motivo e agora estou retomando as atividades regulares do blog, incluindo o projeto Mais Filmes em 2014. Como eu assisti poucos filmes nos últimos dois meses por conta do casamento-lua-de-mel-e-mudança, fiz um resumão de todos os assistidos de julho e agosto! Estou muito ansiosa para continuar com o projeto e espero que entendam meu “atraso” em publicar este post! 🙂


1. “Academia de Vampiros: O Beijo das Sombras”, de Mark Waters. (2014) – 104 minutos.

Nota: 3/5

academiadevampiros_5

A escola São Vladimir não é uma escola como outra qualquer. É um esconderijo onde vampiros aprendem a controlar seus poderes e dampiros são treinados para protegê-los. Rose Hathaway é uma dampira, guarda-costas de sua melhor amiga Lissa, uma princesa vampira Moroi. Há dois anos elas estão fugindo, mas agora foram capturadas e estão sendo levadas à força por Dimitri Belikov para São Vladimir — justamente o lugar onde elas mais estão em perigo. Juntas, Rose e Lissa vão ter que lidar com inveja, ciúme e novas paixões, e lutarão para, acima de tudo, proteger uma à outra.  Fonte: Filmow.

Minhas impressões: Eu sinceramente esperava mais desse filme. Depois de ler toda a série Academia de Vampiros {leia as resenhas aqui} foi inevitável pensar em uma adaptação para o cinema, mas infelizmente essa adaptação passou longe das minhas expectativas. Atuações meia-boca, pouco contexto/aprofundamento e a ação deixou muito a desejar. Mas de qualquer forma gostei de ter assistido, é sempre interessante ver adaptações de livros para o cinema.  


2. “Azul é a cor mais quente”, de Abdellatif Kechiche. (2013) – 179 minutos.

Nota: 5/5

La-vie-dAdele

Adèle (Adèle Exarchopoulos) é uma estudante do colegial, que começa a se relacionar com o jovem Thomas, mas não se sente completa ao lado dele. Ela então descobre, no azul dos cabelos de Emma (Léa Seydoux), sua primeira paixão por outra mulher. Fonte: Filmow.

Minhas impressões: É um filme intenso e visceral sobre o amor e desejo que pode haver entre duas mulheres. Jogue o seu preconceito empoeirado pra lá e assista esse filme sem amarras, apenas observando as escolhas, descobertas e atitudes de Adèle. Com uma direção impecável esse filme realmente mexe com nossa cabeça e sentidos.


3. “Melancolia”, de Lars Von Trier. (2011) – 130 minutos.

Nota: 3.5/5

447101

O tempo só serviu para afastar as irmãs Justine (Kirsten Dunst) e Claire (Charlotte Gainsbourg). Nem o casamento entre Justine e Michael (Alexander Skarsgård) serve como desculpa para aproximá-las e, depois da cerimônia, Justine começa a ficar triste e melancólica. Quando o anúncio sobre a colisão da Terra com outro planeta chega ao conhecimento, as reações são bem diferentes. Justine está conformada, enquanto o desespero do iminente fim apavora Claire. Fonte: Filmow.

Minhas impressões: Muitas pessoas me indicaram este filme dizendo que seria como “um soco na boca do estômago” e coisas do gênero, acho que foi exatamente assim que eu me senti. Aproximadamente 2 horas de pura melancolia e angústia. O filme nos faz sentir exatamente como as personagens, confusos, melancólicos e angustiados. Melancolia é dividido em 2 partes muito intensas que por si só dariam filmes distintos, mas que ainda assim se completam, mostrando as diferentes reações das irmãs de frente ao que vai acontecer. É um filme que deixa margem para muita reflexão e diversas interpretações. Não o recomendo para todos pois pode se tornar um tanto confuso e cansativo, mas se você tiver curiosidade ou já conhece o trabalho do Lars: coragem, respire fundo e assista!


4. “Meninos não choram”, de Kimberly Peirce. (1999) – 118 minutos.

Nota: 5/5

3da15de3c82a46fb911c5dcd2b1a3096

Uma garota troca seu nome para Brandon Teena e vive como um rapaz numa pequena cidade americana. Baseado em fatos reais, o roteiro mostra os violentos preconceitos que ela sofre quando sua verdadeira identidade é revelada. Fonte: Filmow. 

Minhas impressões: Eu já havia assistido este filme antes mas como fazia muito tempo, fiz questão de assistir novamente por conta do debate literário que o Nuvem Literária está promovendo este mês em parceria com a DarkSide Books e a Livraria Nobel aqui em Serra/ES. O filme trata de um tema forte e intenso, a protagonista é uma mulher transgênero que se apaixona por outra mulher, mas tem seu romance interrompido de forma brutal por conta do preconceito e machismo da sociedade em que vive. É um filme baseado em fatos reais, sobre um dos crimes de ódio mais notórios dos EUA. 


5. “Deus não está morto”, de Harold Cronk. (2014) – 113 minutos.

Nota: 5/5

god_a

Josh Wheaton (Shane Harper) é um estudante que tem sua fé desafiada por seu professor de Filosofia, Mr. Radisson (Kevin Sorbo), que acredita que Deus não existe. Gira em torno da vidas de várias pessoas que também são desafiadas por um mundo que acredita que Deus não existe. Fonte: Filmow.

Minhas impressões: Sem dúvidas é um filme inspirador e emocionante – especialmente para pessoas religiosas como eu (e até mesmo para quem não é, ok?). O debate entre aluno e professor é o que move o filme e gera toda a discussão.    É um filme sobre crenças e fé mas acima de tudo é um filme sobre como ter coragem e lutar pelo que se acredita independente do que possa acontecer. Indico esse filme pra todo mundo! Já vi vários filmes desse gênero e posso dizer que este é um filme simples sobre um tema muito comum, mas que de alguma forma consegue captar o espectador de uma forma especial e única.


6. “Secretariat”, de Randall Wallace. (2010) – 123 minutos.

Nota: 4/5

19691642.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

Penny Chenery (Diane Lane) é uma dona de casa e mãe que assume a responsabilidade de cuidar dos estábulos de seu pai, mesmo sem conhecimento na área. Lutando contra os obstáculos com a ajuda do treinador veterano Lucien Laurin (John Malkovich), ela entra no mundo dominado por homens. Penny consegue que seu cavalo seja premiado e recebe o título de “primeira dama de corrida”. Fonte: Filmow.

Minhas impressões: Filmes assim são bem fáceis de me agradar. Acabam não sendo filmes memoráveis e inesquecíveis, mas eu sempre me emociono e me divirto com filmes assim. Secreatariat é um filme sobre cavalos, só com isso já me interessa, adoro filmes com animais e ultimamente esses sobre cavalos tem me cativado muito. Secretariat é baseado em fatos reais e mostra a vida de uma dona de casa tentando lutar pelo patrimônio do falecido pai com muita fé e empenho através da corrida de cavalos, apostando tudo que tem em sua intuição e trabalho duro. 

E vocês, assistiram algum desses? Deixem nos comentários! 😀

ME ADICIONE NO FILMOW.
LISTA DOS 52 FILMES QUE PRETENDO ASSISTIR EM 2014: AQUI.
ACOMPANHE O NUVEM LITERÁRIA PELAS REDES SOCIAIS:
 SKOOB | GOODREADS | FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER | YOUTUBE

já viu os relacionados?

Deixe seu comentário

Comente com o WordPress

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Raquel Moritz outubro 5, 2014

    Melancolia nunca vi pq não sou fã do Lars, mas Azul é a Cor Mais Quente eu detestei. E nem foi pq o “livro é melhor” pq na época eu nem sabia que tinha HQ eu acho, mas sim, o livro é infinitamente melhor e mais delicado e mais sincero. O filme tem seus méritos e particularmente eu amei o jogo das cores (inclusive da Emma usando vermelho no final), mas achei chato. :////

    Beijoca!

    • Juliana outubro 7, 2014

      Eu também me descobri “não-fã” do Lars, hahaha. Achava que podia gostar mais e fiz até um certo esforço para gostar, mas…
      Eu curti Azul é a Cor Mais Quente, mas foi meio sem nexo no fim das contas, mas achei a fotografia belíssima e assim como você disse, o jogo das cores e as cenas mais viscerais combinaram bem, pareceram ter sido cuidadosamente pensadas.

  • Talita setembro 21, 2014

    Filmes da lista que eu vi : Vampire Academy. Só.
    Ouvi muito sobre o segunda, mas ainda não vi. A lista aqui de filmes pra ver tá difícil Ju </3 É muito filme. Muito filme. Ver os atuais e mais antigos está tomando muito tempo, que eu tinha antes, mas agora diminuiu hahahahaahah
    Mas vi muitos filmes maravilhosos esse ano. No cinema e em casa. Como "O clube dos cinco" que uma amiga mandou, "Agora e para sempre" e "Antes que termine o dia" <3
    Assim que consegui ver os que estão a mais tempo na minha lista ("O nome da rosa" e "ligados pelo amor") irei procurar ver "Deus não está morto" e terminar de ver "Azul é a cor mais quente" (tinha começado a assistir, online, quando a net caiu e não voltou naquela tarde </3)
    Beijoos

    • Juliana setembro 21, 2014

      Talita, você não morre cedo viu? Eu estava ainda agora no seu blog olhando aquelas tattoos fofas de pássaros, haha. Seu blog é um dos que mais gosto! Só que depois do casamento eu não tenho conseguido tempo para comentar no blog de ninguém (e olha que são pouquíssimos os que eu gosto de entrar e acompanhar). Mas saiba que gosto demais do seu cantinho, suas fotos e de você, viu? <3
      Sobre os filmes, eu também ando muito devagar, novamente culpa do casamento e etc, mas esse mês estou retomando, apesar de terem MUITOS filmes que também gostaria de ver e não tenho tempo. Queria muito ver esse O Clube dos Cinco. Agora e para sempre não sei qual é. Antes que termine o dia é LINDO DEMAIS, amo a Jennifer Love Hewitt, acho ela um amorrrrr, uma fofa!

      Beijo grandão pra você.
      Espero que leia minha resposta aqui. <3

      • Talita setembro 21, 2014

        Ju tendo uma pequena confusão entre as Talita’s. Mas eu vi aquelas tatoos maravilhosas e fofas, só que a Talita do Cereja é maldosa porque fica ostentando Paçoquita </3 hahahaha
        Antes que Termine o dia é fofo de mais. E.. vá ver o clube dos cinco que é bem interessante. ^.^

        • Juliana setembro 21, 2014

          Ahhhhhhh, hahahaha (morrendo de rir aqui).
          Desculpa! É que foi instantâneo, hehe. Eu tava no blog dela, e ela vira e mexe aparece por aqui, aí vi seu nome aqui escrito igualzinho ao dela, achei que era pura coincidência, hehe. 😛
          Paçoquita. <33
          Hmmm, então vou procurar esse filme que você indicou! Vou adicionar ele na minha listinha do Filmow. 🙂

          Beijos! <3

  • Juh Bernardo setembro 15, 2014

    Oii!!
    Assistisse ótimos filmes. Infelizmente também tive que mesma decepção que você, quanto ao filme “Academia de Vampiros”, sem dúvidas eu imaginava muito mais do que realmente foi… 🙁

    Beijos,
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/

    • Juliana setembro 15, 2014

      Oi Juh! 🙂
      Sim sim, no geral gostei muito desses filmes.
      Nem me fale em Vampire Academy, poxa vida! Mas é assim mesmo, né?
      O filme nunca supera o livro, haha.

      Beijos!
      Seja sempre bem-vinda por aqui! <3

  • Thamires Oliveira setembro 15, 2014

    Ju do céu, assisti “Meninos Não Choram” quando era bem pequena e lembro que não tinha entendido bem o filme e sempre tive o interesse em assisti-lo novamente, mas nunca lembrava o nome!!
    Agora já sei, e já anotei, haha.
    “Deus não está morto” está sendo bem comentado, preciso assistir logo! :p

    Beijos ♥

    • Juliana setembro 15, 2014

      Ahhhh que bom que te ajudei a lembrar do filme, hehe.
      Eu também assisti quando era mais nova, e foi melhor re-assistir agora, conhecendo mais da história.
      Depois também pesquisei bastante sobre o caso, pois é baseado em fatos reais. Meio tenso. :/
      Deus não está morto é lindo. <3

      Beijos.

  • Andreia Borges setembro 15, 2014

    Oi Juliana. Adoro cinema. Assisti a Deus não está morto. Adorei a nota que você deu, pois o filme é ótimo, independentemente da religião de quem assiste. Falei dele no meu blog. Passa lá: http://www.mardevariedade.com. Bjs

    • Juliana setembro 15, 2014

      Oi Andreia! Eu também! <3
      Também gostei demais desse filme. 🙂

      Obrigada pela visita! Seja sempre bem vinda aqui.
      Beijo grande!

  • Renata setembro 14, 2014

    Oi Ju, o twitter é bom pela rapidez né? apareceu tweet novo e já corri aqui….kkkk
    Eu estou meio fora do desafio também, mas não por ver poucos filmes, mas por falta de tempo para elaborar os posts…agora mesmo estou tentando fazer alguns posts de livros que já li e ainda não falei no blog.enfim….
    Desses que vc citou estou muito a fim de ler primeiro azul é a cor mais quente e depois ver o filme.
    Já os outros não vi, apenas meninos não choram, que acho muito muito bom e com ótima intrepetação da “menina do karatê kid”…sempre esqueço o nome dela.
    Estou bem lendo a menina submersa, pena que moro no Rio, se não ia no debate. Vc vai é claro gravar um video bem bacana para os leitores do nuvem né? Acho bom que faça isso! srsrsrsrs
    bjão e bom restinho de domingo

    • Juliana setembro 14, 2014

      Oi Rê!
      Pois é, estou retomando as rédeas do Nuvenzinha, haha. Espero conseguir ter um ritmo melhor de postagens por aqui, ainda estou me organizando. 🙂
      Eu vi o HQ de Azul é a cor mais quente na Bienal e fiquei com muita vontade de comprar, acho que assim que eu tiver oportunidade vou ler também! Meninos não choram é espetacular mesmo.
      Olha, vou tentar achar alguém pra filmar pra mim viu, porque ainda estou sem câmera. 🙁

      Beijo grande! <3