Dicas da Ju

Pela primeira vez em português: Evelina, de Frances Burney pela Editora Pedrazul

22 de julho de 2014

Olá leitores do Nuvem! É com imenso prazer que hoje eu venho apresentar pra vocês uma editora da minha “terrinha”, isso mesmo, aqui do Espírito Santo! A Editora Pedrazul. Fiquei muito feliz quando soube dessa editora e especialmente do trabalho deles com Literatura Clássica, em especial Jane Austen, que como vocês sabem eu sou grande fã. divisor

pedrapedraA editora Pedrazul fica no estado do Espírito Santo, em uma região montanhosa belíssima chamada Domingos Martins. O nome da editora originou-se justamente de um dos atrativos turísticos mais belos dessa região: a Pedra Azul ou Pedra do Lagarto. O time de profissionais muito bem qualificados da editora atualmente dedica-se à tradução e publicação de obras mundialmente consagradas. Além do livro impresso, a editora possui também o selo Pedrazul Digital, voltado para os e-books, com a finalidade de alcançar todos os leitores.

“Nossos principais objetivos são: Lançar grandes talentos, dando acesso e visibilidade a novos autores nacionais; publicar grandes clássicos mundiais que, por alguma razão, nunca chegaram a ser traduzidos para o nosso idioma, impossibilitando que os brasileiros tivessem acesso a importantes obras aclamadas no mundo inteiro; relançar obras nacionais e estrangeiras consagradas, cujos poucos exemplares se encontram nas mãos de colecionadores.”

Captura de Tela 2014-07-22 às 10.40.54divisor

Lançamento: “Evelina”, de Frances Burney.

10517558_305642742946171_9023708566780755922_n

Eis que vos apresento o próximo lançamento da Pedrazul: Evelina, de Frances Burney.

Capa_Evelina222222Pela primeira vez no Brasil, com tradução de Gabriela Alcoforado, Frances Burney, conhecida também por Fanny Burney, a escritora que inspirou o estilo Jane Austen.

A obra conta a história de Evelina, a filha adotiva de um reverendo, cuja mãe morreu pouco depois de tê-la dado à luz. As circunstâncias do seu nascimento são um tanto nefastas: a mãe foi enganada pelo pai, que a abandonou alegando nunca ter-se casado com ela. O livro, que é epistolar, trata-se de um período em que Evelina é requisitada para acompanhar os Mirvan – mais especificamente a única filha dessa influente família, que tem a mesma idade dela – em passeios diversos pelo interior da Inglaterra. Entretanto, durante esse período, é necessário que a família vá a Londres, viagem em que é pedida a permissão do reverendo para que Evelina também os acompanhe. Em Londres ela encontra pessoas de sua família que não conhecia e começa a reconstruir sua história de vida a partir desses encontros.

A capa é a Pintura: “Retrato de uma Senhora como Evelina”, uma obra de 1780, de John Hoppner (1758-1810, feita para homenagear Frances Burney depois que o pintor famoso leu a obra.

Para quem curte livros com ilustrações , “Evelina” também terá as 81 ilustrações originais de Hugh Thomson. 

ilustra

Notícia boa: Quem comprar “Evelina” pelo site da editora Pedrazul (pré venda em 29 de julho) receberá três diferentes marcadores de páginas (foto no banner acima) e ainda um lindo botton com a imagem de Jane Austen! O marcador com a aquarela de Jane Austen, pintada por sua irmã Cassandra, tem uma frase da própria Jane Austen, retirada de “Abadia de Northanger”, em que ela fala das obras de Frances Burney. 

Quem aí curte Clássicos? Vocês também ficaram curiosos a respeito de “Evelina”? 🙂

parceriapedrazul

ACOMPANHE A PEDRAZUL PELAS REDES SOCIAIS ABAIXO E FIQUE POR DENTRO DAS NOVIDADES:
 SITE | FACEBOOK | TWITTER

já viu os relacionados?

Deixe seu comentário

Comente com o WordPress

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Mariana julho 23, 2014

    Algo nada a ver com literatura… mas gata, qual é a câmera que você? Acho a qualidade das suas fotos tão boa!

  • Renata julho 22, 2014

    Oi Ju, eu coloquei como meta na minha vida ler mais clássicos (ou reler), sejam eles nacionais ou literatura estrangeira…Eu vi no site da editora o Villete, da Charlotte Bronte, e como eu terminei de ler Jane Eyre essa semana (e fiquei apaixonada) quero muito comprar. Quando vi as chamadas para esse Evelina fiquei mais na vontade ainda, pois eu amo as histórias da Jane Austen, então ler uma autora que inspirou as obras dela deve ser mesmo o máximo!
    bjs

    • Juliana julho 22, 2014

      Renata, eu tô com essa mesma vontade que você e já coloquei vários livros da editora Pedrazul na lista de espera, haha. Estou com “Jane Eyre” aqui pra ler ainda esse ano e estou super ansiosa! Fiquei feliz de saber que você gostou! Já tem resenha? Quando tiver avise aqui, please! (sem spoiler, lógico!) 🙂

      Muito bom ler um autor que inspirou outro autor que a gente gosta, né? hehe.
      Beijão! <3

      • Renata julho 26, 2014

        Oi Ju,
        fiz a “resenha” sim (prefiro chamar de minhas impressões). Se quiser dar uma espiada: http://leiturassemfim.blogspot.com.br/2014/07/classicos-jane-eyre-charlotte-bronte.html

        Acho que nunca me apaixonei tanto por uma história, até mesmo quando eu li orgulho e preconceito que amo de paixão ♥. Queria até ter falado mais, mas ia estragar o mistério e eu não ia me perdoar por isso srsrsrsrsr, só que tem tanta coisa para ser avaliada e discutida que poderíamos conversar horas e horas a fio sobre Jane Eyre. Leia logo e depois me conta!!!!!!!

        • Juliana agosto 19, 2014

          Gente, passou um tempão e eu ainda não li o livro, minha nossa! Mas foi culpa da correria do casamento e blá blá blá, não teve jeito.
          Li sua resenha e fiquei ainda mais na vontade! Apaixonada pelas citações e por aquelas cenas do filme, ai gente… que coisa linda! <3
          Preciso ler logo! hehe.

          Beijão.

  • Anna Schermak julho 22, 2014

    Que amor! Esse livro parece ser totalmente a sua cara ♥

    • Juliana julho 22, 2014

      Não é? Foi exatamente o que eu pensei de todos os livros da Pedrazul.
      Fiquei MUITO feliz mesmo e ansiosa para ler todos! hihi ♥