Desafio Mais Filmes Filmes & Séries

Assistidos em Junho (Desafio Mais Filmes)

14 de julho de 2014

1471147_693151294038062_1035158852_n

“Mais Filmes em 2014″ é um projeto criado pela Thaís do Pronome Interrogativo e consiste basicamente em assistir 01 filme por semana durante todo o ano de 2014, ou seja, 52 filmes em 52 semanas.

Filmes assistidos em Junho:

junho

Antes de mais nada queria dizer que estou SUPER atrasada com esse post! E pra completar a minha ~falha~ eu não consegui assistir 01 filme por semana conforme tenho feito nos últimos meses. Em junho assisti somente 3 filmes. Para compensar, digamos assim, eu assisti vários episódios das séries de Tv que mais adoro! Assisti toda a 1ª temporada de Once Upon a Time (e + 5 episódios da 2ª temporada) e assisti 3 episódios da 5ª – e última – temporada de As Aventuras de Merlin (que eu AMO!); e também assisti 2 episódios da 7ª – e também última – temporada de True Blood. 🙂


1. “Os Miseráveis”, de Tom Hooper. (2012) – 157 minutos.

Nota: 5/5

Os-Miseraveis-03dez2012-02

O longa é uma adaptação da célebre obra Os Miseráveis (1862), do escritor francês Victor Hugo e contará a história de Jean Valjean um homem libertado da prisão, que refaz a sua vida se tornando proprietário de uma fábrica, político e, posteriormente, acaba adotando a filha de Fantine, Cossette. Fonte: Filmow.

Minhas impressões: Peguei esse filme meio por acaso lá em casa pra ver, eu não queria assistir porque queria ler o livro primeiro, mas acabei desistindo e parti para o filme. Me encantei MUITO com as cenas cheias de vida, enérgicas e estonteantes de Os Miseráveis. Além de a história ser linda e incrivelmente tocante, a fotografia do filme é incrível. Sem falar que é um musical impressionante – e eu adoro musicais!


 2. “A Culpa é das Estrelas”, de Josh Boone. (2014) – 125 minutos.

Nota: 5/5

479832

Diagnosticada com câncer, Hazel Grace Lancaster (Shailene Woodley) se mantém viva graças a uma droga experimental. Após passar anos lutando com a doença, a jovem é forçada pelos pais a participar de um grupo de apoio e logo conhece Augustus Waters (Ansel Elgort), um rapaz que vai mudar completamente a sua vida. Fonte: Filmow.

Minhas impressões: O que falar de ACEDE, né? Acho que nunca chorei tanto em um filme, na vida! Sério, gente. Acho que o fato de a gente conhecer muito bem a história, só piorou tudo, hahaha. Me deixou ainda mais sensível. Achei a adaptação digna e de bom gosto, além de muito fiel dentro dos parâmetros cinematográficos atuais. Me apaixonei pelo Gus MAIS do que achava ser possível! Gente, como pode? Meu coração ficou partido ao fim do filme, aiai.


3. “Malévola”, de Robert Stromberg. (2014) – 97 minutos.

Nota: 5/5

MALEFICENT

Maleficent é a história não contada da icônica vilã do clássico da Disney de 1959, A Bela Adormecida. Uma bela e inocente mulher, Malévola tem uma vida idílica, crescendo em uma pacífica floresta do reino, até que um exército invasor passa a ameaçar a harmonia da sua terra. Malévola então se torna a destemida protetora do local, mas acaba sofrendo uma cruel traição – um ato que começa a transformar seu coração puro em pedra. Decidida a se vingar, Malévola encara uma batalha épica com o sucessor do rei invasor, colocando uma maldição na sua filha recém-nascida, Aurora. Conforme a criança cresce, Malévola percebe que Aurora é a chave para a paz no reino – e talvez para a sua felicidade também. Fonte: Filmow.

Minhas impressões: Simplesmente me apaixonei por esse filme! Como uma boa fã de contos de fada, adorei conhecer uma “nova versão” para a história que já conhecíamos d’A Bela Adormecida, o outro lado da história, o da “vilã” (entre aspas mesmo). E O QUE FOI A JOLIE NESSE FILME? Nossa, uma deusa! Sem brincadeiras, fiquei impressionada com a atuação dela. Um espetáculo! Já quero esse filme pra minha coleção.


4. “Once Upon A Time”, de Mark Mylod. (2011) – 990 minutos.

Nota: 5/5

original

A série gira em torno da história da Branca de Neve (Ginnifer Goodwin) e Príncipe Encantado / James (Josh Dallas), que foram separados quando a Rainha Má (Lana Parrilla) lança sobre eles uma maldição que acabará com todos os finais felizes dos personagens de conto de fadas no dia do casamento dos dois. Em busca de consolo, Branca de Neve procura Rumpelstiltskin (Robert Carlyle), que emite a profecia de que a maldição da Rainha irá levar todos em algum lugar terrível, onde não haverá finais felizes. Ele também revela que a filha à nascer da Branca de Neve, Emma, irá retornar quando completar 28 anos para resgatá-los, iniciando assim a batalha final contra a rainha. Fonte: Filmow.

Minhas impressões: Eu já havia assistido um episódio aqui e ali de OUAT, mas de uma hora pra outra resolvi pegar a 1ª temporada e assistir um por um do comecinho! E AMEI! Foi ótimo! Ainda bem que eu fiz isso, valeu muito a pena para entender os detalhes da história. Estou apaixonada pela série, agora já quero comprar todas as temporadas pra mim! A história se trata de um grande conto de fadas (e eu adoro contos de fadas) com uma história muito bem amarrada e instigante, que te leva a assistir um episódio atrás do outro!


5. “As Aventuras de Merlin”, criadores: Julian JonesJake MichieJohnny Capps Julian Murphy. (2008) – 572 minutos.

Nota: 5/5

Season-5-merlin-on-bbc-32373796-5000-3333

Merlin é uma série britânica do famoso canal BBC. É contada a história do jovem e talentoso Merlin, que chega ao povoado de Camelot, onde a feitiçaria é punida com a morte. Quando Merlin conhece Arthur Pendragon, filho do Rei Uther Pendragon, começa a descobrir qual seu verdadeiro destino, e a partir daí, Merlin se encontra frente a frente com personagens lendários e fantásticos. Fonte: Filmow.

Minhas impressões: Eu AMO essa série. Adoro tudo que é relacionado a lenda arturiana e mesmo que muita gente diga que essa série não tem nada a ver com a lenda real do Rei Artur, eu simplesmente não ligo. Na verdade acho super interessante existirem todas essas “versões” da história de Artur e Camelot. Quem há de dizer que essa ou aquela é mais verdadeira? São fictícias. O que importa nessa série são as aventuras, a magia, o amor à Camelot e a dedicação de Merlin. É muitíssimo bem humorada e tem um excelente enredo e trilha sonora. Assisti as 4 primeiras temporadas pela Netflix (assim como OUAT) e agora estou assistindo a 5ª – e última – temporada online na internet.


6. “True Blood”, de Alan Ball. (2008) – 990 minutos.

Nota: 5/5

hbo_true_blood_cast

True Blood é uma série de TV dramática estadunidense criada por Alan Ball, baseada na série de livros Southern Vampires da americana Charlaine Harris. True Blood fala sobre a co-existência de vampiros e humanos em “Bon Temps”, uma pequena cidade fictícia localizada no Louisiana. A série é focada em Sookie Stackhouse (Anna Paquin), uma garçonete telepata que se apaixona pelo vampiro Bill Compton (Stephen Moyer). Fonte: Filmow.

Minhas impressões: True Blood é uma das pouquíssimas séries que eu acompanho desde que começou – pela HBO mesmo. A maioria das que eu assisto já acabaram ou estão bem mais adiantadas quando eu vou começar a assistir. True Blood eu assisti desde o primeiríssimo episódio, hehe. Há quem diga que eu não tenho cara de quem vê seriado assim, MAAAS adoro True Blood (entre outros do gênero, tá?). O que eu gosto na série é a dinâmica e criatividade do enredo, parece que TUDO pode acontecer em True Blood, qualquer coisa é possível, qualquer criatura, crença ou loucura. As cenas são muito fortes e escancaradas, tanto as de violência quanto as de sexo, portanto não acho muito adequado pra menores de 16-18 anos.

ME ADICIONE NO FILMOW.
LISTA DOS 52 FILMES QUE PRETENDO ASSISTIR EM 2014: AQUI.
ACOMPANHE O NUVEM LITERÁRIA PELAS REDES SOCIAIS:
 SKOOB | GOODREADS | FACEBOOK | INSTAGRAM | TWITTER | YOUTUBE

já viu os relacionados?

Deixe seu comentário

Comente com o WordPress

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  • Laurita julho 17, 2014

    Muero por ver “Los miserables” y no tengo tiempo, ahora mismo la descargo para verla este fin de semana, abrazo.

  • Renata julho 17, 2014

    Bom, eu assisti uns episódios de True Blood e Once e não me pegou de jeito, once eu até tentei assistir outras vezes, mas ainda não foi dessa vez….
    Eu vi Malévola e achei TUDO, Angelina Jolie está o máximo no papel, eu curti muito o filme, foi do jeitinho que eu imaginei que ia ser. Realmente foi um acontecimento! srsrsrsrs
    A culpa eu não li e não lerei pois não faz meu estilo, logo não verei o filme…portanto posso economizar minhas lágrimas para usar com algum outro drama que me agrade mais kkkkkk
    bjão!

    ah, antes que eu esqueça, o fichário de receitas é da tilibra ( http://www.livrariasaraiva.com.br/produto/608003/fichario-tilibra-para-receitas-culinarias-96fls-sortido/), eu tenho, tem divisórias e até dicas na frente, tabela de medidas, eu acho muito bom, apesar de não fazer muita fumça aqui em casa kkkkk, dá para organizar bem as receitas nele. E o sobre o caderno de organização eu me inspirei nesse aqui (http://www.omundodejess.com/2014/02/meu-caderno-de-organizacao-2014.html) – fofura master!
    Até pensei em fazer um post pro blog, pois ficou tão bonitinho o meu….

    ih, meu coment ficou um testamento, liga não

    • Juliana julho 17, 2014

      Oi Rê!
      True Blood é bem difícil eu conhecer quem goste, hahaha. ;x
      Já OUAT muita gente curte! hehe é bem bonitinho! <3
      Malévola é mesmo DEMAIS!
      Nossa, não sabia que você não curtia ACEDE, haha, é uma raridade. 😛

      Nossa, esse fichário da tilibra é suuuuper útil hein? Bem organizado! Adorei!
      E esse caderninho de organização também é LINDO DEMAIS, apaixonei <3

      Ligo não. 😉
      Beijos!

  • Talita julho 17, 2014

    A culpa é das estrelas e malévola são meus favoritos <3

    acredita que ainda não vi os miseráveis? preciso assistir <3 quanto ao Once Upon A Time eu comecei assistir mas achei tão chato o.O, quero voltar a ver com calma porque vi que a Elsa aparece rsss

    Beijos Ju,

    Talita
    http://www.cerejarocks.com
    http://www.lojacerejarocks.com

    • Juliana julho 17, 2014

      São liiiindos mesmo! <3
      Acredito! hahaha eu só vi recentemente também. 😛
      Ahhhh tem que ter paciência com OUAT, você precisa pegar um dia e assistir logo uns 5 ou mais episódios.
      Aí começa a ficar interessante e te vicia. *-*

      Beijão!

  • Carol Cristina julho 16, 2014

    Que legal esse desafio! *-*
    Os Miseráveis é um dos filmes favoritos que vi nos últimos tempos, lindo demais, né? A fotografia, as múscias, atuações… ♥
    ACEDE teve uma adaptação perfeita, e acho, digna de prêmio. Chorei tbm e amei ainda mais o Gus!
    Malévola ainda não assisti =/ Quero muito conferir a diva Jolie =D
    Amo OUAT, chega logo na terceira temporada que vc vai amar mais ainda kk
    True Blood eu nunca me interessei em ver =/
    Beijos
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    • Juliana julho 16, 2014

      Oi Carol. 🙂
      É lindo demais sim! *-*
      Concordo contigo em relação a ACEDE! Eles foram muito felizes na adaptação!
      Gente, você precisa ver Malévola, é demais! *-*
      Ahhhhh, louca pra ver a 3ª temp. de OUAT. ♥

      Beijo grande!

  • Virginia Doratiotto julho 15, 2014

    ACEDE foi perfeito demais! Estou louca para assistir dps em DVD na tranquilidade do meu lar, sem muitos suspiros e gritinhos das adolescentes que estavam no cinema hahaha
    Malévola é um que quero muito assistir!!!

    E OUAT é minha série predileta, adoro demais *-*

    • Juliana julho 16, 2014

      Oi Virgínia! 🙂
      Nossa, nem me fale em ACEDE, hahaha. ♥_♥ :'(
      Também quero ter o DVD pra mim, aiai. rs
      Malévola é imperdível, SÉRIO!

      E OUAT é apaixonante. hehe
      Também adoro essa série!

      Obrigada pela visita! Beijão.

  • Raquel Moritz julho 15, 2014

    Eu e meu problema com musicais: aguentei 30 minutos de Os Miseráveis, depois desisti. :/

    E Malévola ainda não assistiiiiiiii, eu acho que tava viajando no final de semana que estreou e acabei não vendo, depois veio ACEDE e aí veio a COPA e eu não fui mais no cinema, AHEUHAEUHEA

    Beijoca ♥

    Raquel
    http://www.pipocamusical.com.br

    • Juliana julho 16, 2014

      Sério Raquel? Não sabia que você tinha esse “problema” huehue.
      Eu adoro musicais e quando peguei esse filme nem sabia quanto tempo de duração tinha e mal percebi os 157 minutos passarem, HUAHUA. No final é que eu fui saber que era tão longo, rs.
      Aiaiaiai, você precisa ver Malévola, quero saber o que vai achar! *-*

      Beijo grandeee. <3

  • ana paula santos santana julho 15, 2014

    quero muito assistir a culpa é das estrelas e malévola